Blog do Cereja


Tuesday, 18 de May de 2021 Rss
05 Nov

Mundo das Maravilhas

Mundo das Maravilhas

Mundo das Maravilhas

Esse é o título da X Antologia de Contos Maravilhosos, feita pelos alunos do 6º ano do Colégio Idesa, em Taubaté, São Paulo.

Tudo começou em 2005, quando as professoras Celinha Marques e Isabel Nogarotto resolveram realizar efetivamente a proposta do volume de 6º ano, da coleção Português: linguagens, de reunir os contos maravilhosos recriados pelos alunos ao longo do bimestre e, com eles, publicar um livro com noite de autógrafos.

A iniciativa foi um sucesso e, desde então, se tornou uma tradição na escola. Os alunos dos anos anteriores esperam ansiosamente o momento em que também eles, tal qual seus irmãos maiores, possam participar de uma noite dessas, como principal atração, e receberão seus familiares e convidados para autografar os livros e comemorar sua introdução ao mundo da literatura.

Essa proposta consta na coleção Português: linguagens há muitos anos, mas nunca vi, em outra parte do país, esse projeto ser realizado com tanto empenho e de forma tão duradoura. Isso se deve, é claro, à dedicação das professoras Celinha e Isabel e também ao apoio do colégio e dos patrocinadores, que permitem dar continuidade ao projeto, criando história.

Professoras Celinha e Isabel

Professoras Celinha e Isabel

Quando, em encontro com professores, insistimos na realização dos projetos propostos pelas obras didáticas, nossa expectativa é justamente esta: a de que os alunos tenham uma finalidade clara para sua produção textual e tenham interlocutores reais. A publicação da antologia Mundo das Maravilhas é um exemplo disso. Cada texto é minuciosamente cuidado, revisado, reescrito, digitado… A capa é preparada com carinho, as orelhas e a quarta capa são trabalhadas meticulosamente. A produção do livro é acompanhada por todos.

As dez capas das antologias

As dez capas das antologias

Realizada num ambiente diferente, na chácara do colégio, a noite de autógrafos se torna uma experiência única para os alunos, que a levarão em sua memória por toda a vida. Além disso, a presença maciça de pais e familiares integra a família e a escola em torno do livro e da literatura, o que é um acontecimento raro nos dias de hoje.

Esperamos que a tradição criada pela antologia de contos tenha uma longa continuidade e que, na terra de Monteiro Lobato, se perpetue o gosto pela palavra e pela escrita.

O abraço que levei pessoalmente às professoras Isabel e Celinha, na noite de autógrafos.

O abraço que levei pessoalmente às professoras Isabel e Celinha, na noite de autógrafos.

                                                           

 

 

 

Deixe o seu comentário

Seu email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *