Blog do Cereja


Wednesday, 20 de October de 2021 Rss
04 May

Violência contra professores em Curitiba: a Finlândia cada vez mais longe de nós

Violência contra professores em Curitiba: a Finlândia cada vez mais longe de nós

Em meu último post sobre os melhores resultados do Pisa e o desempenho surpreendente da Finlândia, destaquei a importância dos professores nesse processo.

A Finlândia prestigia seus professores e os coloca entre os profissionais mais destacados, reconhecidos e bem-pagos do país. Como resultado, o país se superou e vem superando os países mais desenvolvidos em todo o mundo.

Contudo, quando vemos fatos como os que ocorreram em Curitiba na semana passada, em que o governo estadual vota, com portas fechadas, medidas que podem prejudicar a carreira e a aposentadoria de professores, enquanto a polícia ataca violentamente, com cães e gás lacrimogêneo, profissionais do ensino que querem ver seus direitos mantidos, é que percebemos o quanto estamos longe da Finlândia. Longe não apenas quanto ao salário, mas longe sobretudo quanto à mentalidade e à forma como os governantes veem a educação e o papel dos professores.

Em São Paulo não tem sido diferente. A indiferença do governo estadual para com a greve dos professores é surpreendente. Afinal, o que são 40 dias sem aula? Isso não vai mudar nada, devem pensar.

Dramático é saber que, pior do que maus resultados no Pisa ou na Prova Brasil, o que está em risco é uma geração de crianças e jovens que mal sabem ler e produzir um texto simples. 

 

Deixe o seu comentário

Seu email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *